Início Bahia Policiais baianos deixam bilhete para motorista que deixou carro com portas destravadas e vidro aberto: ‘Jogamos a carteira na mala’

Policiais baianos deixam bilhete para motorista que deixou carro com portas destravadas e vidro aberto: ‘Jogamos a carteira na mala’

Por Reginaldo Spínola

Um bilhete deixado por policiais militares para um motorista de Salvador repercutiu na internet, nesta segunda-feira (28). Um dos PMs encontrou um carro com o vidro aberto e as portas destravadas e acionou os colegas de corporação. Diante da situação, os policiais guardaram os pertences do motorista e deixaram um recado para ele.

“Bom dia. Você deixou o carro aberto com a carteira com dinheiro e documento dentro. Jogamos a carteira na mala”, estava escrito no bilhete.

O dono do veículo, o personal Marcelo Galvão, publicou a foto do recado e a mensagem de agradecimento aos PMs nas redes sociais.

O caso “inusitado” aconteceu no domingo (27), no Largo da Mariquita, no bairro do Rio Vermelho, quando um policial militar passou pelo local e encontrou o carro estacionado.

Como o carro estava com as portas destravadas e o vidro aberto, o policial percebeu que a carteira com dinheiro e documentos do dono do veículo estavam no banco.

O PM acionou colegas da corporação, que foram no Largo da Mariquita, para verificar se o veículo tinha restrição de roubo.

Em entrevista ao g1, o soldado Lucas Rodrigues, da 12º Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), informou que não foram encontradas irregularidades no veículo.

“Tivemos a ideia de fazer o bilhete informando que a gente colocaria os pertences na mala do carro. Deixamos o bilhete no veículo e fomos terminar as outras diligências”, contou o soldado.

Após fazer rondas pelo bairro, a dupla retornou ao local e percebeu que havia um homem dentro do veículo. Era o personal Marcelo Galvão, dono do carro.

“Ele falou que colocou a chave no bolso e, por algum motivo, acredita que a chave acionou o alarme e aí destravou o carro. Ele tinha saído para fazer alguma corridinha, nos agradeceu muito”, relatou o policial.

Lucas Rodrigues nunca tinha passado por uma situação semelhante. Ele contou que ficou feliz por ter conseguido evitar que os objetos do personal fossem roubados.

“Essa também é nossa função, preservar os objetos das pessoas”, contou.

g1

Compartilhe esse post com seus amigos

Deixe um comentário

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade