Início Noticias Onda de assaltos assusta moradores e comerciantes em Itambé

Onda de assaltos assusta moradores e comerciantes em Itambé

Por Reginaldo Spínola
13 Comentários
Neste final de semana em Itambé, aconteceram assaltos,
sempre com a utilização de armas de fogo, em sua grande parte, cometidos por
adolescentes entre 13 e 17 anos e adultos. A situação estava sob controle, até
que nos últimos 30 dias, os números de  assaltos, furtos e roubos,  tem crescido assustadoramente.

Um dos casos foi o de uma funcionária pública, que não quis
seu nome e imagem divulgados, por medo, que aconteceu na noite de sábado no
Bairro Humberto Lopes, na localidade conhecido como “Ruinha”. Segundo a jovem,
ela seguia por aquela rua, quando foi abordada por dois menores, de
aproximadamente 13 e 14 anos, que a rendeu com um revolver apontado para sua
cabeça onde anunciaram o assalto. Ainda de acordo com a jovem os meliantes
tomaram seu celular e a quantia de 27 reais e em seguida saíram, correndo.
Outro caso aconteceu também neste sábado (9), na Rua Manoel Alves
Teixeira, onde uma padaria foi assaltada, também por dois rapazes armados e
levaram a quantia de 200 reais. Inúmeros casos têm sido registrados na DEPOL.
Com isso vai crescendo as estatísticas de roubo, furtos e assaltos, onde moradores
e comerciantes demonstram medo, pois quase todos os dias, se tem notícias de
assaltos em Itambé.
A polícia Militar tem trabalhado bastante em rondas
ostensivas diariamente. Quando solicitada, tem respondido com ações imediatas,
elucidando a maioria dos casos.
A Polícia Civil, tem um contingente de apenas 3 Agentes de
Polícia, tem o apoio da Guarda Municipal, que no momento se encontra com ações
limitadas, e mesmo assim tem resolvido cerca de 80% dos casos.
Com uma população de quase 24 mil habitantes, apenas estes
Heróis da Civil e Militar, ficam responsáveis pela segurança do município. A Situação
piora por Itambé não ter um Delegado Plantonista nos finais de semana, e as
ocorrências em flagrante precisam ser registradas em Itapetinga, tirando a
guarnição, com a viatura, por várias horas da cidade impossibilitando, no
momento, o atendimento imediato a um chamado emergencial da  PM.
Nossos agentes das Polícias Civil e Militar, precisam
receber mais apoio e condições de trabalho dos Poderes Públicos.
Itambeagora@gmail.com
13 Comentários
0

13 Comentários

Anônimo 19 de março de 2014 - 19:56

Ta bom de itambe oferecer trabalho pra essa populaçao

Anônimo 11 de março de 2014 - 18:14

Deixem desse joguinho de orgulho, e deixe o homem e sua equipe trabalhar, so temos a perder com tamanha inveja e tamanho orgulho.

Anônimo 12 de março de 2014 - 01:42

Também acho. Todos os dias depois das 14: horas as autoridades vão para Conquista e só fica Paulo e sua Equipe para nos acudir. ACORDA IVAN.

Anônimo 11 de março de 2014 - 14:10

….. Continuação
A crise se instalou na segurança de Itambé depois que uma Serventuária que tive seu afeto obrigado a se enquadrar na lei do silêncio, outro Serventuário que discordava da homenagem do Legislativo aos Highlanders, juntos disseminaram contendas aos ouvidos do Ministério Público que acreditou por serem os disseminadores, formadores de opiniões tendenciosas . Só quem perdeu fomos nós da Comunidade. Senhores, durante as noites e nos finais de semana só quem fica para nos socorrer é o telefone de Paulo Ruças ou 190 quando atende.
Juiz, Promotor, Delegado e até Prefeito que têm obrigação em morar na Comarca, vão para suas residências em Vitória da Conquista nos deixando a ver navios. Nós, nossos filho e esposas, moramos aqui em Itambé. Paulo Ruças também mora aqui, vi esse rapaz crescer, o conheço desde muito pequeno e ele nunca foi do mal .
Senhor Juiz, Senhora Promotora, as informações que chegaram até vocês com certeza não expressa a realidade.
Vocês têm conhecimento do trabalho social feito por Paulo Ruças, palestras, conselhos, visitas personalizadas a jovens e seus pais, preservação de famílias, encaminhamento de dependentes químico a núcleos de recuperação, etc ???
Têm conhecimento quantos jovens Paulo Ruças com seu jeito humano de ser já tirou do caminho das drogas (meu filho foi um deles)? Tomem informações sobre o caráter das pessoas com as instituições ou entidades que têm credibilidade em nosso município como: Maçonaria, Associação dos Pastores, Associações de Bairros, Associação doa Kombeiros, Conselho de Segurança do Município, Comunidades de Base, Câmara de Vereadores, Diretores Logistas, etc. Então, POR FAVOR AUTORIDADES, deem apoio ao nosso Policial ou Xerife como queiram chama-lo, em nosso momento de dor e desespero é ele quem nos socorre, nós confiamos nele, vocês com certeza neste momento, estão em seus lares seguros e tranquilos. Paulo é nosso elo de ligação com a Justiça. DR. RODRIGO, CONFIAMOS NO SENHOR. Precisamos de segurança e tranquilidade em nossos comércios e lares para que volte a ficar tudo Justo e Perfeito.
ASS: Itambeense confiante em Jesus.

Anônimo 11 de março de 2014 - 10:43

Todos se lembram de que Itambé antes de janeiro de 2013 era um verdadeiro caos, culminando com o caso de Jai Estuprador (1ª Ação dos Highlanders). Nesta época o Investigador da Civil era Gilberlindio, bom moço, mas não tinha maiores compromissos com Itambé. Em Janeiro de 2013 entrou Paulo Ruças que com apoio de parte da Guarda Civil Municipal, denominados de HIGHLANDER e Polícia Militar, mesmos sendo criticado por trabalhar só com “Borboletas”, começou a desenvolver um trabalho impar, limpo e principalmente respeitando os Direitos Constitucionais das Pessoas. Itambé teve uma sensível redução da criminalidade, índice constatado estatisticamente pela própria Secretaria de Segurança Pública (Comentário do Coordenador de Polícia Dr. Marcos Vinicius na Câmara Municipal de Itambé). Instalou-se a sensação de segurança. A bandidagem temia as ações delituosas por terem a certeza da elucidação e consequentemente cumprimento de penas judiciais, por isso temem e têm raiva de Paulo Ruças.
Os Poderes Constituídos reconheceram a ponto de em sessão solene, concederem aos responsáveis pelo trabalho, Título de Honra ao Mérito e Bravura. Nós Comerciantes e Comunidade vivíamos felizes e trabalhávamos com segurança. Nossos filhos podiam ter vida social novamente, ir a festas, parques e praças. Vivíamos tranquilos e todo e qualquer problema ligávamos para o celular de Paulo Ruças certos de sermos atendidos e ainda somos. No mínimo tínhamos alguém para nos ouvir com direcionamento para solução do problema. Todo esse trabalho brilhou tanto a ponto de aguçar a ira dos invejosos. Continua …

Anônimo 14 de março de 2014 - 23:32

não foi o guardas nem a civil q resolveu o problema de jai estrupador!

Anônimo 11 de março de 2014 - 10:05

só queremos segurança. deixa paulo agir com os bravos guarda

Anônimo 11 de março de 2014 - 01:23

Nós moradores da cidade precisamos pedir socorro a quem de direito. Vamos nos unir…. e voces vereadores dê apoio a comunidade ….será se também não precisam da ajuda da P.M. e da Civil… espero que qando solicitados nos ajude…
uma pessoa que quer o bem da cidade( sem envolver politicagem)
Até breve

Anônimo 10 de março de 2014 - 23:54

infelizmente partiu da própria guarda a denuncia quanto ao trabalhodoscolegas que fazia a ronda com paulo rucas agora acidade perece.

Anônimo 10 de março de 2014 - 23:04

SÃO REALMENTE HERÓIS E O PROBLEMA NÃO SÃO ELES ,O GRANDE PROBLEMA E PROTEGER 24 MIL HABITANTES COM UM CONTINGENTE TÃO PEQUENO ,TEMOS UMA GUARDA MUNICIPAL PREPARADA QUE PODERIA ESTAR APOIANDO COMO SEMPRE FEZ SE NÃO FOSSE OS LIMITES ABSURDOS QUE EU NÃO QUERO NEM SABER QUEM FOI O CULPADO SÓ SEI DE UMA COISA QUE NOS E ´QUEM SOMOS AS VITIMAS DESSA ATITUDE IMPENSADA ,QUE VOLTE MAIS BREVE ,ESTAMOS CLAMANDO POR SEGURANÇA .

Anônimo 10 de março de 2014 - 21:54

que horrorrrrrrrrr

Anônimo 10 de março de 2014 - 21:37

deixa paulo trabalha quando ele estava trabalhando nossa cidade estava mais tranqüila

Anônimo 10 de março de 2014 - 17:57

falou tudo!

Comentários estão fechados.

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade