Início Noticias Jacaraci: Cerca de 100 animais já foram mortos por envenenamento e queimados; polícia investiga

Jacaraci: Cerca de 100 animais já foram mortos por envenenamento e queimados; polícia investiga

Por Reginaldo Spínola
0 Comentário
Os moradores do município de
Jacaraci, no sudoeste da Bahia, têm convivido com uma série de mortes de
animais de estimação. De acordo com a Prefeitura Municipal, são 19 animais
envenenados desde o dia 3 de junho. Habitantes da cidade, entretanto, já falam
que o número se aproxima de 100.
A aposentada Amélia Fernandes é
um exemplo de moradora que perdeu o cão de estimação vítima de envenenamento.
“Um minuto que ele [cão] saiu na rua. Eles já envenenaram uma vez. Eu dei leite
e consegui salvar meu cachorro. Desta vez, eu cheguei já era tarde demais”,
contou sob lágrimas.
No sábado (13), a professora Mara
da Silva perdeu de uma só vez, dois cachorros. Triste com a morte dos animais,
ela também se preocupa que a filha acabe sendo vítima dos envenenamentos. “A
pessoa que faz isso, joga veneno no quintal. Se uma criança pega uma coisa
dessa, o que vai acontecer?”, questiona com indignação.
Além dos quintais, os moradores
relatam que o veneno é colocado em pedaços de carne e são colocados próximos a
árvores em canteiros centrais e ruas da cidade. Os moradores ainda contam que
alguns animais têm sido queimados vivos.
A delegada Carla Rodrigues,
responsável pelo caso, disse que já trabalha com uma linha de investigação.
“Tenho suspeita de que, realmente, esses animais estivessem incomodando alguns
moradores da cidade”, argumenta. Ela afirma que o crime de maus-tratos pode dar
detenção de até um ano, acrescido em 1/6, caso tenha ocorrido a morte, como no
exemplos ocorridos no município.
Diante dos relatos de que animais
de rua também estão sendo mortos, o prefeito da cidade, Deusdete Carvalho, diz
que tem um projeto de construção de um canil municipal. “Nós elaboramos um
projeto, encaminhamos para a Secretaria Nacional de Vigilância Sanitária do
Ministério da Saúde solicitando recursos”, detalhou. Com informações do G1
Bahia
Itambeagora@gmail.com
0 Comentário

Related Articles

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade