Início Noticias Lâmpada incandescente de 60 Watts deixa de ser vendida em 1º de julho

Lâmpada incandescente de 60 Watts deixa de ser vendida em 1º de julho

Por Reginaldo Spínola
O consumidor não encontrará mais
as lâmpadas com filamento incandescente de 60 watts para comprar a partir de 1º
de julho. Já as de 25 e 40 watts deixarão de ser produzidas em 30 de junho, mas
poderão ser comercializadas apenas por mais um ano. As lâmpadas incandescentes
acima de 75W e 100W deixaram de ser comercializadas em 30 de junho de 2014.
A mudança atende a cronograma
estabelecido pela Portaria Interministerial 1007 dos Ministérios de Minas e
Energia, da Ciência, Tecnologia e Inovação e do Desenvolvimento Indústria e
Comércio Exterior, de dezembro de 2010, que fixou índices mínimos de eficiência
luminosa para fabricação, importação e comercialização das lâmpadas
incandescentes de uso geral em território brasileiro.
O consumidor tem três opções de
lâmpadas domésticas: lâmpadas fluorescentes compactas, lâmpadas incandescentes
halógenas e lâmpadas LED. Apesar de mais caras que a incandescente, gastam menos
energia e duram mais.
A mudança leva em conta a
eficiência energética, principalmente no momento em que o Brasil atravessa uma
escassez de chuvas que deixa os reservatórios das usinas hidrelétricas em
níveis críticos.

Itambeagora@gmail.com
0 Comentário

Related Articles

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Aceitar

Política de privacidade e cookies