Início Noticias Garoto é algemado após ser encontrado com arma em sala de aula

Garoto é algemado após ser encontrado com arma em sala de aula

Por Reginaldo Spínola
0 Comentário
Um garoto de 15 anos
foi algemado por policiais militares na tarde desta quarta-feira (2) depois de
ser encontrado com um revólver dentro da escola no Distrito Federal. De acordo
com o sargento Paulo Alberto Moraes de Almeida, foi necessário adotar a postura
para “preservar” o menino. O incidente aconteceu na Escola Parque da Cidade, na
909 Sul.
 “A gente teve que
fazer isso aí porque ele estava relutando, foi para evitar que ele se
machuque”, disse o sargento. “Esses meninos hoje são treinados em luta,
muay-thai. A gente sabe que não pode [usar], estamos falando de uma criança, de
um adolescente, mas foi para acalmá-lo. Tomamos todos os cuidados. Foi só para
trazê-lo à viatura.”
A súmula vinculante número 11 do Supremo Tribunal Federal
diz que algemas só devem ser usadas em casos que apresentem perigo e mesmo
assim a postura deve ser justificada por quem a usou. O Estatuto da Criança e
do Adolescente não faz menção direta sobre o tema.
Segundo Almeida, a arma foi encontrada durante revista aos
estudantes. O sargento afirmou que o Batalhão Escolar passou a fazer as
varreduras duas vezes por dia, com o intuito de desarmar os jovens e evitar
incidentes por causas das rixas entre eles. Três policiais participam da ação.
O revólver, de calibre 38, foi achado na cintura do rapaz,
que estava na sala de informática. Ele alegou aos militares que comprou a arma
por se sentir ameaçados por vizinhos, da Vila Planalto.
O caso foi encaminhado para a Delegacia da Criança e do
Adolescente. Os pais do garoto foram acionados. A Polícia Militar disse que o
fato de o menino estar armado expunha os policiais e as pessoas ao redor a
perigo e que por isso eles agiram corretamente quando o algemaram. G1
Itambeagora@gmail.com
0 Comentário

Related Articles

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade