Início Bahia Presidente garante que Vitória não cai e culpa arbitragem por situação delicada

Presidente garante que Vitória não cai e culpa arbitragem por situação delicada

Por Reginaldo Spínola
0 Comentário

itambeagora-5

O presidente do Vitória, Raimundo Viana, se mostrou confiante para permanência do Vitória na primeira divisão do Campeonato Brasileiro. Com 45 pontos e ocupando a 15ª colocação na tabela, o Leão ainda precisa somar, no mínimo, um ponto na última rodada da competição, para se livrar de vez do risco de rebaixamento.

Em entrevista à rádio Metrópole nesta sexta-feira (2), o cartola afirmou que existe muita torcida para queda do Vitória e culpou a arbitragem por situação delicada no campeonato.  “Muita gente está torcendo por isso. Muita gente, lamentavelmente. Demos uma mergulhada feia, perdemos jogos, mas felizmente, a gente retomou o caminho do equilíbrio e estamos quase, quase, quase na primeira divisão. Poderíamos estar em uma situação melhor, não fossem algumas intercorrências, tipo equívoco de arbitragem, como na Ponte Preta”.

E continuou. “Só citando os recentes, jogo do Santos, perdemos de 3 a 2, gols irregulares do Santos, não houve pênalti. Fluminense, o cara marca um pênalti em uma falta que aconteceu a dois metros da área, e foi perguntar ao bandeirinha que estava a 10 km de distância. O jogo do Santos, o juiz conversando com o bandeirinha e conversando com o jogador nosso, o time do Vitória parado, ele validou o gol. Não é choro não, mas se somar todos esses pontos citados incontestáveis, o Vitória estaria com 50 e poucos pontos, que era nossa meta”, disse. (Bocão)

Itambeagora@gmail.com
0 Comentário
0

Deixe um comentário

Ao utilizar este formulário concorda com o armazenamento e tratamento dos seus dados por este site.

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade