Início Brasil Ao vivo: Velório e homenagem às vítimas da tragédia com avião da Chapecoense

Ao vivo: Velório e homenagem às vítimas da tragédia com avião da Chapecoense

Por Reginaldo Spínola

img-20161125-wa0001-225x300

A chegada em Chapecó dos dois aviões com os corpos das vítimas da tragédia no voo da Chapecoense emociona os familiares e amigos no aeroporto, na manhã deste sábado. As aeronaves C-130 Hércules da Força Aérea Brasileira (FAB) acabaram de aterrissar no aeroporto da cidade do oeste de Santa Catarina.

https://youtu.be/6seLxs-m8Gs

Após o cortejo, os caixões foram colocados em dois caminhões e levados à Arena Condá, onde um público aguarda para o velório coletivo. O estádio tem capacidade para 19.000 nas arquibancadas. Terão acesso ao gramado apenas 2.000 pessoas, entre autoridades e familiares. O primeiro corpo a ser desembarcado foi o do atacante Tiago da Rocha Vieira, o Tiaguinho. Ele recebido com uma salva de cinco tiros e sob aplausos das autoridades e familiares presentes, enquanto a banda do Exército brasileiro tocava a marcha fúnebre. O presidente Michel Temer se aproximou para tocar o caixão.

Caixões com as vítimas do acidente aéreo com a delegação da Chapecoense são colocados em caminhões para cortejo por Chapecó

Caixões com as vítimas do acidente aéreo com a delegação da Chapecoense são colocados em caminhões para cortejo por Chapecó

Pouco antes, cerca de 50 familiares reuniram-se com o presidente da República, Michel Temer, no aeroporto. A imprensa não teve acesso à sala reservada para o encontro do peemedebista com as famílias. Também estão no aeroporto o ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, o ministro do Esporte, Leonardo Picciani, e o secretário-geral da CBF, Walter Feldman. Não há informação sobre a presença do presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, no local. Os aviões chegaram a Chapecó por volta das 9h45. A previsão inicial era de que o desembarque aconteceria perto das 7 horas. A FAB ainda não justificou o atraso de cerca de duas horas no transporte dos corpos entre a cidade de Manaus e Chapecó. O voo, que teve origem em Medellín, na Colômbia, fez uma parada prevista na capital amazonense para reabastecer.

Itambeagora@gmail.com
0 Comentário

Related Articles

Deixe um comentário

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Aceitar

Política de privacidade e cookies