Início Bahia Firmino Alves: Professores aliam plantio de orgânicos com o estudo das Ciências da Natureza

Firmino Alves: Professores aliam plantio de orgânicos com o estudo das Ciências da Natureza

Por Reginaldo Spínola
0 Comentário

Estudar Biologia, Física e Química e conceitos sobre Meio Ambiente, Sustentabilidade Socioambiental e Conservação Patrimonial ficou mais “saboroso” para os estudantes do Centro Educacional Monteiro Lobato, localizado no município de Firmino Alves (519 km de Salvador), na região Sul do Estado. Por meio do projeto “Somente suas mãos para preservar – Cuidando do ambiente escolar”, os estudantes estão desenvolvendo várias atividades que envolvem cuidados com o patrimônio da escola, a criação de um jardim e o cultivo de uma horta orgânica, cujos alimentos são utilizados na alimentação escolar.

A atividade interdisciplinar apresenta vários benefícios para os estudantes. Além de potencializar o processo de ensino e aprendizagem, a ação envolve a comunidade do entorno, aproximando as famílias da escola. “É um trabalho em conjunto, contamos com a contribuição de toda a comunidade escolar e dos pais, mães e responsáveis dos alunos que doam sementes e adubos”, informa a gestora da unidade, Sandra Helena Lemos Almeida.

Na horta são cultivados coentro, alface, manjericão, hortelã, tomate, berinjela e pepino. Para esse cultivo, a compostagem e o adubo utilizados são preparados pelos estudantes na escola. A irrigação das hortaliças é feita através de um sistema de armazenamento de água da chuva, cujo projeto de armazenamento foi feito pelos estudantes, com a ajuda dos professores.

Para os estudantes, a iniciativa também tem estimulado o protagonismo com a ocupação e criação sustentável dos espaços, contribuindo, ainda, para uma maior consciência socioambiental. “Ajudo a plantar, a colher e a limpar a horta. Como as hortaliças que plantamos aqui são usadas na nossa alimentação escolar, precisamos cuidá-las com muito cuidado. Com esta iniciativa nós temos uma alimentação saudável e equilibrada. Também, estamos preservando o ambiente da escola que é de suma importância para todos nós”, pontua a estudante Jamile Rocha Santos, 18, 3º ano.

Seu colega Isaías dos Santos Marques, 19 anos, também do 3º ano, conta que adora lidar com o manejo da terra. “Gosto de manter o ambiente limpo. Também faço outros trabalhos de cuidado da horta e do jardim com os colegas, mas prefiro deixar as hortaliças limpinhas, para que os produtos fiquem de qualidade, já que é para o nosso consumo”. Os professores também estão engajados no projeto e utilizam os espaços para a realização de aulas práticas. “Sempre nas aulas de Ciências da Natureza ou de Biologia, os professores nos levam para mexer com a terra e aprender algo novo sobre o assunto do dia”, conclui Isaias.

Itambeagora@gmail.com
0 Comentário

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade