Início Brasil Idoso matou ex e, antes de cometer suicídio deixou carta e lembrete: ‘Pague minha fatura’

Idoso matou ex e, antes de cometer suicídio deixou carta e lembrete: ‘Pague minha fatura’

Por Reginaldo Spínola
0 Comentário

O idoso de 61 anos que matou a ex-mulher a tiros e depois cometeu suicídio, em São Roque (SP), na tarde de quinta-feira (20), deixou uma carta escrita à mão em que se despede dos filhos e pede desculpas pelo crime.

Segundo a Polícia Civil, Benedito Oliveira, de 61 anos, entrou na casa na tarde desta quinta-feira (20) e disparou contra Ângela Maria Cardoso Silva, de 49 anos. Ele se matou em seguida.

“Peço desculpas pelo ato que estou cometendo. Espero que me entenda e me perdoe, pois não consigo viver nessa posição. Aqui quero despedir dos meus filhos. Aqui tudo se acaba!”

De acordo com informações da polícia e de amigos da família, o relacionamento do casal teria durado cerca de 30 anos, mas os dois estavam em processo de separação. Entretanto, Benedito não cita o divórcio como motivação. “Estou sofrendo muito e tudo por causa de bens materiais”, escreveu.

Além do pedido de desculpas, Benedito ainda deixou na carta instruções para os filhos com relação ao pagamento de algumas contas.

“Pague a minha fatura e dê baixa no cartão. Pague a internet e dê baixa, senão vira uma bola de neve e dívida no meu nome perde a casa, pois está no meu nome”, acrescentou.

Ele encerra a carta dizendo para os filhos avisarem a mãe que não haverá mais audiência, que a polícia acredita que seja uma referência ao processo de divórcio.

Segundo a polícia, uma filha do casal presenciou o crime e deve ser chamada para depor nos próximos dias.

Um vizinho ouvido pelo G1 disse que a a jovem saiu desesperada de dentro da residência após o crime e pediu que acionassem o resgate. Os dois chegaram a ser encaminhados pelos bombeiros à Santa Casa da cidade, mas não resistiram aos ferimentos.

Segundo a Polícia Civil, Benedito já era investigado por crime de violência doméstica e tinha sido denunciado pela vítima no ano passado.

O caso foi apresentado na DDM como feminicídio e suicídio. As testemunhas devem ser ouvidas nos próximos dias. // G1

Itambeagora@gmail.com
0 Comentário

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade