Início Brasil Barbaridade: Filho mata a própria mãe com socos por causa de celular

Barbaridade: Filho mata a própria mãe com socos por causa de celular

Por Reginaldo Spínola

Um homem foi preso, na tarde da última quarta-feira (2), suspeito de assassinar a própria mãe, em Sorocaba. José Geraldo dos Santos Júnior vulgo “Pitu”, de 26 anos, matou a mãe com socos durante uma discussão, na casa onde moravam, na Vila Gomes. Roseli Bertolino Alves, de 54 anos, foi levada à unidade de saúde, mas não resistiu aos ferimentos.

Segundo informou, o delegado André Moron, do 4º Distrito Policial, o crime ocorreu após o suspeito ter pego o celular da mãe. Um dia após, Roseli bateu na porta do quarto do filho, que estava sob efeito de álcool, e pediu o aparelho de volta. Houve discussão seguida de agressão à mulher. Dois filhos da vítima, sendo um garoto de 15 e uma jovem de 28 anos de idade,  que estavam na casa, tentaram separar a briga, mas também foram agredidos.

De acordo com informações do delegado do 4º Distrito Policial,  André Moron, o crime ocorreu no dia 21 de junho. Roseli Ficou internada durante 18 dias no Hospital Regional, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no dia 9 de julho. Após a morte, os irmãos resolveram denunciá-lo à polícia. O criminoso foi detido na própria residência. Júnior tinha passagem por tráfico de drogas e violência doméstica.

Na delegacia, o autor do homicídio confirmou a agressão, mas disse que não tinha intenção de matar.

O suspeito foi indiciado por homicídio doloso (quando há intenção de matar), duplamente qualificado por ser motivo fútil e cruel e ainda com agravante de feminicídio, pela condição de a vítima fatal ser mulher. Ele será encaminhado ao CDP (Centro de Detenção Provisória) de Sorocaba.

Itambeagora@gmail.com

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade