Início Brasil ‘Papai mandou matar mamãe’, diz filho de corretora morta no Rio

‘Papai mandou matar mamãe’, diz filho de corretora morta no Rio

Por Reginaldo Spínola

Investigadores acreditam que Pedro Paulo Teixeira Júnior, ex-marido da corretora Karina Garofalo, morta na porta de um condomínio na Barra da Tijuca, nesta quarta-feira (15), e o primo dele, identificado como Paulo Maurício Barros Pereira, sejam os responsáveis pelo assassinato. A Polícia do Rio solicitou a prisão dos dois, na manhã desta quinta-feira (16).

De acordo com o jornal ‘O Globo’, câmeras de segurança revelaram que o primo seguiu a mulher no shopping antes da execução. As investigações apontam que o ex-marido foi o mandante do assassinato, enquanto o primo teria atirado contra a corretora.

O casal estava separado há cinco anos e brigava na Justiça por uma herança de cerca de R$ 3 milhões. O ex-marido é pai do jovem de 13 anos, que presenciou a morte. Durante depoimento, ao ver as imagens do circuito de segurança de estabelecimento comercial próximo ao local do crime, o adolescente gritou: “Papai mandou matar mamãe”.

Segundo o delegado André Barbosa, responsável pelo caso, o depoimento do menino foi “assustador”. “O menino joga muito vídeo game e soube descrever com detalhes a arma do crime. Ele sabia inclusive que se tratava de um silenciador que estava acoplado na pistola”.

Fonte: Notícias ao Minuto
Itambeagora@gmail.com

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade