Início Bahia MPT investiga surto de Covid-19 em alojamento da empresa Tabocas, em Itapetinga

MPT investiga surto de Covid-19 em alojamento da empresa Tabocas, em Itapetinga

Por Reginaldo Spínola

O Ministério Público do Trabalho na Bahia (MPT-BA) investiga o surto de Covid-19 em uma empresa de energia no município de Itapetinga, no sudoeste baiano. Segundo o órgão, mais de 160 funcionários da empreiteira Tabocas testaram positivo para a doença. Os funcionários trabalham em um canteiro de obras de montagem de torres de retransmissão de energia. O MPT abriu inquérito para acompanhar a adoção das medidas de contenção do surto e solicitou imediata inspeção pelas equipes do Cerest.

De acordo com a prefeitura local, cerca de 300 empregados da Tabocas foram submetidos a testes rápidos na segunda-feira (29) e 169 deles tiveram resultado positivo. A testagem foi determinada pelas autoridades de saúde municipais após dois trabalhadores que integravam o grupo testarem positivo na semana passada. Após o registro de que mais de 60 casos positivos no canteiro da cidade de Macarani, que fica perto de Itapetinga, a prefeitura exigiu os exames para que a empresa pudesse voltar a funcionar. A Tabocas havia informado que todos os alocados para Itapetinga tinham testado negativo.

O MPT vai enviar recomendação à empresa com as medidas necessárias para salvaguardar a segurança dos empregados e da sociedade e para a gestão do surto entre seus colaboradores. De acordo o Bahia Notícias, o órgão busca saber se houve negligência por parte dos gestores em relação a medidas de prevenção e controle da pandemia. A ação fiscal que o Cerest realiza na Tabocas trará os elementos técnicos para instrução do inquérito e a empresa também será convocada a prestar esclarecimentos e fornecer informações.

A Prefeitura de Itapetinga deve determinar a suspensão das atividades da Tabocas por 30 dias. Até o domingo (28), a cidade tinha 196 casos confirmados de covid-19. Agora, de acordo o boletim desta terça-feira (30), o número de casos da doença na cidade subiu para 384. Já houve onze mortes causadas pela doença.  O MPT também investiga a empresa Tabocas por surto de Covid-19 em Macarani.

Itambeagora@gmail.com

Deixe um comentário

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade