Início Brasil Mãe e duas filhas de 15 e 13 anos são mortas a facadas dentro de casa; Namorado é suspeito dos crimes

Mãe e duas filhas de 15 e 13 anos são mortas a facadas dentro de casa; Namorado é suspeito dos crimes

Por Reginaldo Spínola

Daniela Grecchi, de 40 anos, e as duas filhas, uma de 15 e outra de 13 anos, foram mortas a facadas na casa onde moravam, no bairro Martin de Sá, em Caraguatatuba, no litoral norte de São Paulo. O principal suspeito é Júlio César de Cardoso, namorado da mãe, que não era pai das crianças.

A filha mais nova de Daniela, de 9 anos, também foi ferida mas conseguiu fugir e está internada em estado grave no hospital Stella Maris.

De acordo com o delegado Caio Fresatto, que investiga o caso, vizinhos ouviram uma discussão entre o casal e pedidos de socorro. Logo após, Júlio fugiu de bicicleta em direção a uma mata. Na tarde desta 5ª feira (15/07), a polícia encontrou a bicicleta usada por ele, em uma trilha que dá acesso à praia Brava, local próximo a casa onde o crime aconteceu.

Crédito: Arquivo Pessoal

Marçal Leme da Costa, amigo da família, contou que Daniela estava se dedicando à prática do surfe e ficou surpreso com o ocorrido. “Ela estava vindo de um encontro de surfe. Até o companheiro, que pode ter assassinado ela, também ia nesses encontros. Ele era um rapaz tranquilo, tinha um relacionamento bom com ela. É inacreditável o que aconteceu”, afirmou.

Os dois trabalhavam juntos, no centro de zoonoses, na prefeitura de Caraguatatuba. O enterro das vítimas ocorreu em Piracicaba, no interior de São Paulo, onde mora a mãe de Daniela.

Itambeagora@gmail.com

Deixe um comentário

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade