Início Bahia Itabuna volta a oferecer cirurgias bariátricas pelo Sus, após 6 anos

Itabuna volta a oferecer cirurgias bariátricas pelo Sus, após 6 anos

Por Reginaldo Spínola

Suspensas desde 2016, as cirurgias bariátricas voltaram a ser feitas pelo Sistema Único de Saúde (SUS), na Santa Casa de Misericórdia de Itabuna. O início da retomada dos serviços, ocorre com 15 procedimentos realizados por uma equipe coordenada pelo médico-cirurgião do aparelho digestivo Fabrício Messias. Serão 10 cirurgias nesta sexta-feira (25) e outras cinco programadas para este sábado (26).

As cirurgias serão custeadas com recursos do Fundo Municipal de Saúde, numa parceria da Prefeitura de Itabuna, Instituto de Cirurgia Bariátrica Metabólica e Santa Casa de Misericórdia de Itabuna. De acordo com o médico Fabrício Messias, para o mês de março está confirmado o procedimento em outros 15 pacientes e a expectativa é para o mesmo número de beneficiados em abril.

As cirurgias bariátricas serão feitas no Centro Cirúrgico do Hospital Calixto Midlej Filho. “A expectativa é que essa programação, mantida com recursos do Fundo Municipal de Saúde, prossiga até o final do ano, com média de 15 a 25 cirurgias por mês. Essa retomada do serviço foi resultado de um grande esforço da gestão municipal”, explica o médico.

Critérios

Os pacientes submetidos ao procedimento cirúrgico estão sendo captados pela Central de Regulação da Secretaria de Saúde de Itabuna. O médico adiantou que “o beneficiado deve enquadrar-se em alguns critérios de saúde, observando a situação em que a obesidade tem causado doenças. Geralmente, os selecionados são pessoas que estão com comorbidades, como hipertensão, diabetes e obesidade grave”.

O médico Fabrício Messias explica que a cirurgia bariátrica é indicada para pacientes com obesidade moderada, associada a doenças como diabetes, hipertensão, triglicerídeos e colesterol alto. O procedimento deve ser feito ainda em pessoas com obesidade mórbida.

O especialista acrescenta ainda que o atendimento ao paciente não se resume a cirurgia, mas inclui o acompanhamento até a recuperação. “O atendimento e atenção a esses pacientes começam no período de avaliação pré-operatório e prossegue com assistência no pós-operatório. O intuito é oferecer a melhor qualidade de vida possível para essas pessoas”.

O provedor da Santa Casa de Itabuna, Francisco Valdece, fala da importância dessa parceria e da sua satisfação em poder disponibilizar o Hospital Calixto Midlej nessa elogiável empreitada do poder público municipal em prol das pessoas que enfrentam problemas graves de saúde decorrentes da obesidade e não têm condições de fazer um procedimento particular. “Em favor da saúde e qualidade de vida daqueles que lutam pela oportunidade da cirurgia, esperamos que este projeto prossiga e alcance os resultados esperados”, diz o provedor.

Compartilhe esse post com seus amigos

Deixe um comentário

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade