Início Bahia Morte de segurança de ACM Neto tem relação com fuga de preso ligado ao PCC; entenda

Morte de segurança de ACM Neto tem relação com fuga de preso ligado ao PCC; entenda

Por Reginaldo Spínola

O subtenente da Polícia Militar, que trabalhava na campanha de ACM Neto (UB), foi morto durante uma perseguição policial contra um assaltante de bancos ligado ao PCC. Ele foi beneficiado com uma “saidinha” nesta terça-feira (27). A informação é da Secretaria de Segurança Pública do Estado da Bahia (SSP-BA).

Segundo a SSP, o criminoso, identificado como André Márcio Jesus, o “Buiú”, estava preso no Complexo Penitenciário de Lauro de Freitas, mas deixou o local na terça às 13h50 com uma tornozeleira eletrônica em um dos pés.

Por volta de 14h36, ele teria rompido o equipamento na BR-324, próximo a Candeias. O fato foi informado à Polícia Militar pela Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), que iniciou as buscas.

Busca por assaltante

A Polícia decidiu montar campana na região de atuação do suspeito: o sul da Bahia. Na cidade de Uruçuca, durante uma operação, um outro assaltante a banco e um comparsa foram interceptados. A dupla reagiu, foi baleada e morreu. Os agentes acreditavam que um deles era Buiú.

Em seguida, os militares receberam a informação de que quatro homens armados haviam se hospedado em um hotel de Itajuípe. Eles seriam da equipe de segurança do ex-prefeito de Salvador. Os agentes foram até o espaço e abordaram duas pessoas em um dos quartos. Elas se identificaram como policiais militares e informaram que estavam prestando um serviço particular.

Ao mesmo tempo, outros dois PMs faziam abordagem em outra área do hotel. Ao abrir um dos quartos, os agentes encontraram o subtenente Alves e o sargento D’Almeida, que teriam atirado contra os militares, que revidaram o suposto ataque. Não há informações se as vítimas se assustaram com a entrada súbita dos colegas de farda ou se os PMs chegaram atirando.

O subtenente não resistiu aos ferimentos e morreu. Alves, por sua vez, foi socorrido e está internado em um hospital de Itabuna. Os policiais também foram alvejados, mas não correm risco de morte. Buiú, que já fez parte do Baralho do Crime, continua sendo procurado pela polícia.

*Bnews

Compartilhe esse post com seus amigos

Deixe um comentário

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade