Início Bahia Cartórios da Bahia registram mais óbitos que patamar anterior à pandemia

Cartórios da Bahia registram mais óbitos que patamar anterior à pandemia

Por Reginaldo Spínola

Na Bahia, o número de mortes em 2022 é maior que o contabilizado em 2019, período da pandemia. Os dados partem de levantamento inédito junto aos Cartórios de Registro Civil do estado, cujo documento foi acessado pelo BNews.

Os dados constam no Portal de Transparência do Registro Civil, administrado pela Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen-Brasil), abastecida em tempo real pelos atos de nascimentos, casamentos e mortes.

Raquel Lyra busca maioria na Assembleia de PE em meio a indefinição de PL, PSB e PT

A Bahia registra o crescimento de 5% no número de mortes este ano, na comparação com o que foi contabilizado em 2019.

Diante do avanço da vacinação e do maior controle da pandemia, o levantamento revela que a Covid-19 deixou de liderar o ranking de mortes por doenças no estado, apresentando queda de 83,2% entre janeiro e outubro de 2022 em relação ao ano passado.

O total de 14.966 mortes causadas pelo novo coronavírus foram contabilizadas em 2021, entre janeiro e outubro, contra 2.513 neste ano. No entanto, outras doenças, algumas delas relacionadas a sequelas da Covid-19, passaram a registrar alta que não era notada em momentos anteriores na Bahia.

“Por meio dos dados levantados, percebemos que mesmo com a queda de mortes causadas pelo coronavírus, ainda persiste o aumento das demais doenças, como septicemia, pneumonia e as doenças do coração, que podem estar relacionadas com as sequelas causadas pelo Covid-19”, avaliou Daniel Sampaio, presidente da Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais da Bahia (Arpen-BA), em nota.

No levantamento feito junto aos cartórios, foi constatado o aumento no número de mortes de doenças como a pneumonia, que passaram de 4.523 entre janeiro e outubro de 2021 para 6.352 no mesmo período deste ano, um crescimento de 40,4%. Em 2020, foram 4.942 mortes pela doença nos 10 primeiros meses do ano, enquanto 2019 registrou 5.575 óbitos. Com isso, o número de mortes por pneumonia saltou 13,9% entre janeiro e outubro deste ano, na comparação o igual período de 2019, sem pandemia.

Compartilhe esse post com seus amigos

Deixe um comentário

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade