Início Bahia Laudo aponta que mulher agredida por filho morreu por insuficiência respiratória

Laudo aponta que mulher agredida por filho morreu por insuficiência respiratória

Por Reginaldo Spínola

Um exame realizado no corpo da mulher de 49 anos que foi encontrada morta, nessa quarta-feira (26), após ser agredida pelo filho, na cidade de Amélia Rodrigues, a cerca de 69 km de Salvador, apontou que a vítima morreu em decorrência de uma insuficiência respiratória.

De acordo com o delegado Idelfonso Monteiro, titular da Delegacia de Amélia Rodrigues, o laudo apontou ainda que a vítima tinha algumas marcas que podem ter sido provocadas por agressões, mas nada que pudesse levá-la a morte.

O jovem, que tem 29 anos e havia sido preso, foi liberado ainda nessa quarta-feira, após passar por exames.

Conforme o delegado foi aberto um inquérito para apurar a agressão contra a vítima, identificada como Eliete de Souza Silva. O delegado informou que o jovem deverá responder por lesão corporal. //G1

Itambeagora@gmail.com

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade