Início Acidente Policial militar morre afogado em açude durante perseguição a suspeito

Policial militar morre afogado em açude durante perseguição a suspeito

Por Reginaldo Spínola

Um policial militar morreu afogado, nesta quarta-feira (24), durante uma perseguição a um suspeito no Açude Araras, em Varjota, interior do Ceará. O agente foi identificado como Rodrigo da Silva Ribeiro, 28 anos, que fazia parte do Batalhão de Ronda de Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) no município de Santa Quitéria.

A morte do agente foi confirmada pela governadora do estado, Izolda Cela. “Recebi com muito pesar a notícia da morte do policial militar Rodrigo Ribeiro, do pelotão do Raio de Santa Quitéria, nesta quarta-feira. O soldado se afogou durante uma perseguição a um suspeito no Açude Araras, em Varjota”, publicou.

“Meus sentimentos aos familiares, amigos e companheiros de trabalho do PM”, declarou a governadora nas redes sociais.

Informações iniciais apontam que uma equipe do Raio perseguia suspeitos quando um deles tentou fugir pelo açude. A composição conseguiu alcançar o suspeito, mas, no retorno, a canoa virou, e o policial se afogou.

Rodrigo Ribeiro foi resgatado com ajuda de um pescador, e levado a um hospital de Varjota, onde tentaram reanimá-lo, mas o agente não resistiu.

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) e a Polícia Militar do Ceará (PMCE) lamentaram profundamente a morte do soldado, que ingressou na corporação em 2017 e estava lotado no CPRaio desde 2019. Ambas instituições manifestaram, em nota, solidariedade a familiares e amigos.

Já o suspeito, de 25 anos, foi capturado pela polícia, que apreendeu, ainda, um revólver calibre 38. O homem tem antecedentes por homicídio doloso, tráfico de drogas, posse e porte ilegal de arma de fogo e integrar organização criminosa. A ocorrência segue em andamento, acompanhada pela Polícia Civil.

Compartilhe esse post com seus amigos

Deixe um comentário

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade